A numerologia é um ramo de estudo incluso no que é comumente conhecido por Ciências Ocultas; ou seja, a combinação de conhecimentos de ordem mística com uma fundamentação científica. Deste modo, a numerologia pode ser compreendida como o estudo da significação oculta dos números e de sua influência em aspectos da vida cotidiana, da espiritualidade, do intelecto, entre outros.  A numerologia pode ter sua origem na gematria, um sistema que tem seus primeiros registros na Torá, datando de mais de três mil anos. A gematria consiste em atribuir um valor numérico às letras que compõem somente o alfabeto hebraico.

 O resultado da soma dos valores numéricos relacionados às letras de uma determinada palavra atribui a esta uma característica específica. Desse modo, a numerologia seria apenas uma "versão" da gematria adaptada ao alfabeto romano. Por outro lado, a origem da numerologia pode estar nos estudos do filósofo e matemático grego Pitágoras (571/0 a.C – 497/6 a.C). Segundo o filósofo, os números são a essência física e etérea de tudo que há no universo. Os números trazem características próprias. Quando combinados ou calculados, expressam uma relação estreita e harmônica com fenômenos naturais como o ciclo das estações e movimento dos astros, ou com a harmonia musical e proporções geométricas. Entretanto, devido à biografia confusa e obscura de Pitágoras, parte de sua conceituação matemática combina-se com noções esotéricas. Por este motivo, seus pensamentos e estudos não são totalmente aceitos por pesquisadores. A numerologia também é utilizada como uma ferramenta de autoconhecimento. É possível, utilizando-se como referência uma tabela que relaciona letras a valores numéricos, realizar a soma das letras que compõem um nome próprio ou dos números de uma data específica, e assim obter um resultado que deve ser reduzido a um dígito (de 1 a 9), que expressaria individualmente "vibrações numerológicas". Ainda, em algumas tabelas, considera-se resultados compostos por dois dígitos iguais, como 11, 22, 33, etc. Também, de um modo geral, é razoavelmente comum a prática da alteração de nomes próprios com o propósito de que, sob o ponto de vista da numerologia, esta mudança produza vibrações mais favoráveis. Nestes casos, costuma-se alterar a grafia do nome, seja substituindo letras de fonética semelhante, acrescentando ou suprimindo preposições, entre outros. Porém, não é possível afirmar que haja um número com características superiores a outros. Cada número possui propriedades positivas e negativas, que podem favorecer ou dificultar o desenvolvimento de determinadas atividades, situações, profissões, relacionamentos afetivos, financeiros, etc. 

Abordagens Numerológicas  Apesar de ser estudada e praticada há milhares de anos, a numerologia mantém uma certa unidade estrutural; isto é, não sofreu muitas transformações ao longo da história, mesmo sendo adotada por escolas e tradições esotéricas bem diversificadas. Mas, ainda, há pelo menos dois ramos de abordagem da numerologia: Numerologia Pitagórica e Numerologia Cabalística. A numerologia pitagórica baseia-se exatamente nos fundamentos matemáticos de Pitágoras. Não é considerada divinatória, mas apenas expõem tendências futuras em relação às vibrações produzidas por números. A numerologia pitagórica é mais popular devido ao fato de ser menos complexa, podendo ser praticada seguindo a orientação de tabelas. Entretanto, sua interpretação exige maior sensibilidade e experiência do praticante. A numerologia cabalística combina-se com os fundamentos da Cabala(um complexo sistema filosófico-religioso dos hebreus). A prática e a interpretação desta abordagem da numerologia exige um conhecimento prévio da Cabala. Entretanto, assim como a numerologia pitagórica, se utiliza de cálculos e relações geométricas.    Desde o começo dos tempos a vida é composta de números. Como já vimos, foi Pitágoras quem designou os números básicos de 1 à 9 como princípios místicos de evolução das pessoas e das situações que vivenciam. É realidade que todas as filosofias coincidem nestes princípios e, hoje em dia, são os números que rezam na totalidade das coisas que nos rodeiam e nos situam no tempo e no espaço. Empregamos os números para medir distâncias e o tempo, para criar música, controlar a luz e as vibrações dos sons e muito mais. São precisamente nestas vibrações que se baseia a ciência numerológica.

Desde o nascimento, somos conhecidos por um nome e herdamos um sobrenome. Ambos, ao serem pronunciados, criam um tipo de vibração sonora que atrai ou forma situações, formando uma personalidade e ajudando na criação de um caráter. Os estudos da numerologia são baseados precisamente em descobrir pelos sons dos nomes quais as vibrações que os compõem, para cada um separadamente e, até os dois juntos. Das vogais vêm as freqüências que apontam o seu tipo de "espiritualidade". Das consoantes, como se comportarão, a sua "personalidade", como você é visto pelos outros. Pela soma dos dois (vogais + consoantes) determina-se o potencial do trabalho, ou a realização. É o "caráter". Finalmente, pela data de nascimento resulta o número do "destino" o qual determina os obstáculos, as advertências, ou as facilidades que estão adiante no caminho da vida. Para praticarmos a numerologia, precisamos conhecer a "Tabela Pitagórica", que embora tenha esse nome, não foi criada por Pitágoras, porque são utilizadas letras que ele não conhecia, pois era grego e não viveu na nossa era.       Nº Lado Positivo Lado Negativo 01 Liderança, Pioneirismo, Iniciativa, Coragem, Independência Agressividade, Egoísmo, Egocentrismo, Inflexibilidade, Individualismo 02 Tato, Diplomacia, Paciência, Cooperação, Companheirismo Dúvida, Dependência, Submissão, Passividade, Insegurança 03 Criatividade, Comunicação, Expressão, Entusiasmo, Sociabilidade Superficialidade, Ostentação, Exagero, Dispersão, Imaturidade 04 Disciplina, Ordem, Estabilidade, Construção, Confiança, Honestidade Rigidez, Crítica excessiva, Inflexibilidade, Insegurança, Metódico 05 Liberdade, Curiosidade, Flexibilidade, Versatilidade, Inteligência Ansiedade, Indisciplina, Instabilidade, Impulsividade, Infidelidade 06 Amor, Beleza, Equilíbrio, Família, Saúde, Justiça Utopia, Mártir, Ciúmes, Ressentimento, Dificuldade em aceitar a realidade 07 Espiritualidade, Introspecção, Profundidade, Perfeccionismo, Controle da Mente Solidão, Pobreza, Exigência excessiva, Auto-Crítica, Reclusão 08 Liderança, Poder, Organização, Perseverança, Auto-confiança Ganância, Autoritarismo, Teimosia, Impaciência, Intolerância 09 Amor Universal, Solidariedade, Serenidade, Compaixão, Sabedoria Sacrifício, Mártir, Instabilidade Emocional, Distanciamento da Realidade 11 Sensibilidade, Intuição, Fama, Reconhecimento, Diplomacia Indecisão, Impaciência, Nervosismo, Emoções extremadas, Egocentrismo  Numerologia Pitagórica.

0 comentários:

Postar um comentário

Gostou ou não gostou desse artigo? Seu comentário é importante. Por favor faça um comentário.

Livrarias

 
Top